terça-feira, 30 de outubro de 2012

INSCRIÇÕES PARA CONCURSO DA EMATER COM VAGAS PARA O VALE DO AÇÚ PERMANECEM ABERTAS ATÉ HOJE

Continuam até hoje, terça-feira, 30 de outubro, as inscrições visando a seleção pública na instância do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Rio Grande do Norte (EMATER /RN), que dispõe de vagas também na alçada do escritório regional da empresa, com sede em Assu. O certame foi convidado através do Edital nº 008, fruto da parceria entre a EMATER e a Fundação de Apoio à Pesquisa do Rio Grande do Norte (FAPERN), com o objetivo de conceder bolsas de extensão vinculadas ao projeto de difusão tecnológica em Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) para o fortalecimento da Agricultura Familiar no Estado. O processo seletivo simplificado se volta a profissionais de níveis médio e superior. Os aprovados atuarão com carga horária de 30 horas semanais. A inscrição é feita pela internet através do endereço eletrônico www.emater.rn.gob.br/processoseletivo. O prazo se prolongará até meia- noite desta terça-feira, 30 de outubro. O edital de convocação do concurso da EMATER /RN foi publicado no dia 2 deste mês. Depois do calendário de inscrição, acontecerá o processo de análise das inscrições e pré-seleção dos currículos, de 31 de outubro a 9 de novembro. De 12 a 27 de novembro transcorrerá o período reservado à entrevista de seleção. A divulgação do resultado final do processo seletivo está marcada para o dia 1º de dezembro. A partir do dia 3 de dezembro começará a admissão dos bolsistas aprovados. O valor global do investimento que está sendo realizado pela EMATER e a FAPERN é de R$ 3.644.800,00. O processo de seleção dispõe de um total de 134 vagas em diversas categorias profissionais. Na alçada do escritório regional da EMATER, com sede em Assu, a oferta é de nove vagas, segundo informação dada pelo gestor do órgão, Evilásio Dantas de Farias. Na área administrativa do escritório regional de Assu há vagas para os postos de assistente social (uma em Assu); engenheiro agrônomo (uma em Afonso Bezerra); engenheiro de pesca (uma em São Rafael); técnico agrícola (duas, sendo uma para portador de deficiência, em Assu; uma em Pedra Preta, uma em Pedro Avelino e outra em Macau); e técnico em informática (uma, na cidade do Assu).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário